Silêncio

O que vem sem ninguém chamar por ele. Aquele que incomoda, o que ocupa espaço, que se coloca entre duas pessoas. O que diz o inaudível, diz mais do que deve, muitas vezes mente. O que acrescenta pontos, gera intrigas, desavenças e histórias mal entendidas. Pode acabar com os grupos, separa desconhecidos, confronta os inibidos, faz … Continue a ler Silêncio

Mal

Olá estranho. Tu que és estranho, que és o outro, não te vejo bem e isso incomoda-me. Quando não vemos o que vem aí sentimos o quê? Medo? Medo! Não acredito que aquele seja igual a mim. Não há nada nele que me diga que sim. Será? Não sei! O outro que não é meu, … Continue a ler Mal

Repetição.

Repetir aquilo que ainda não entendi como se faz. Errar até perceber o que tenho que melhorar. Saber que o erro é conquista também. Despertar para o valor do que dizem ter falhado. Conquistar a alegria para tentar, mesmo sabendo que provavelmente não irei atingir aquele tão almejado patamar. Repetir, repetir outra vez. Não é … Continue a ler Repetição.