O Outro da Palavra

O outro lado das palavras não é o contrário do que as palavras são. Quando algo vibra ao meu ouvido ouço o barulho que as palavras dão. Palavras servem para guiar aquilo que os meus sentidos me dão. Eu digo aquilo que me parece certo àqueles que ouvem o que os meus sensos são. O senso que me é querido não é igual ao que os outros pensam, não. Os outros pensam ser queridos mas não prestam tanta atenção. Pensamos que só são amigos aqueles que nunca nos dizem não. Mas penso meus bons amigos que mais vale ouvir o que não se quer então. Pois quando ouvimos esses amigos aprendemos mais e não ficamos em vão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s