Adeus

Os teus olhos são mais sinceros que as tuas palavras. Eu vi e sabia disso. Só não quis dar mais importância ao que dizias por não querer saber que não conseguias ver. Falo demais, isso eu já sei, mas custa-me saber que as minha palavras não tiveram grande valor. Talvez porque os meus olhos não saibam falar, ou não falam de todo. Gostava de falar mais com os olhos, ou menos, já não sei. É melhor estar calado.

Mas a vida continua e portante vamos lá. Cinco, quatro, três, dois, um! Digo adeus até qualquer dia, porque a vida são dois dias e o segundo já vai começar.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s