Toque

O brilho na janela era especial. O azul lá fora era atrativo, chamava por ele, mesmo sabendo que não queria sair de casa. Aquele calor do sol que bate na pele e aquece os vasos, dilata os poros, é mais aconchegante que um abraço, com certeza. Ele preferia o calor do sol, o toque dos elementos. Esse sim era o mais natural de todos os toques.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s