Amanhã eu digo.

Ela não quis ir a lugar algum. Ficou em casa a pensar o que tinha que fazer, a pensar no que fez e no que poderia ter feito. – Sabes se há algum caminho mais correto que outro? – Como assim?
– Refiro-me àqueles caminhos dos quais não vemos o fim. Aqueles caminhos que apesar de querermos olhar para eles e de lhes apanhar o fio da miada teimam em escapar pelos dedos. – Ontem perguntaram-me se já sabias o que ias fazer este ano – Diz-lhes que ainda não sei! Amanhã acredito puder responder a essa questão, mas eu aviso quando tiver certeza.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s