O meu Querer

O meu querer não tem controle, o meu querer só tem vontades.
Ele quer, quer, como quer, e lá dentro bem no fundo grita com toda a força quando vê algo que deseja.
Criança teimosa, indolente! Vou te por de castigo para ver se aprendes a ter mais respeito. Não sei o que fazer para te controlar…
Já tentei de tudo mas tu não me escutas, não fazes o que te peço, por favor ouve-me!
Vai lá, calma, o doce não vai fugir da caixa… para quê tanta birra?
Meu bem querer levado, diabinho dos meus pensamentos, porque não és mais calmo, porque não és mais conformado?

John V.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s